Publicidade
HOME | GUIAS | VIAGENS | DICAS | CULTURA | FALE

DADOS DA CIDADE
ÁREA
511Km2 (IBGE)

CLIMA
Temperado
Máxima: 30 graus
Mínima: 20 graus

POPULAÇÃO
884.320 (IBGE, 2004)

ECONOMIA
Indústria, Comércio, Turismo, agropecuária
COMO CHEGAR
Via Aérea: o aeroporto de Maceió recebe vôos de todas as capitais brasileiras e alguns internacionais.
Via Rodoviária: Maceió está ligada às principais capitais brasileiras através das BRs 104 e 101.
SERVIÇOS
Informações turísticas
AEROPORTO INTERNACIONAL ZUMBI DOS PALMARES
Endereço: Br 104, Km 91 - Tabuleiro
Fone: (82) 3214-4000
Fax: (82) 3214-4055

Rodoviária
Tel: (82) 3321-4615
Tel: (82) 3221-4615
Centro Cultural e de Exposições
Tel: (82) 3337-2066
Tel: (82) 3337-0065
LOJAS DE CÂMBIO
Europa Câmbio
(Shopping Iguatemi)
Tel: (82) 3235-5772
Aeroturismo
(Shopping Iguatemi)
Tel: (82) 3357-1184
Tel: (82) 3218-2000
Banco do Brasil
Tel: (82) 3216-1121
Maceió Mar Hotel
(Ponta Verde)
Tel: (82) 3327-6948
LINKS IMPORTANTES
· Porto de Maceió
www.portodemaceio.com.br

· Prefeitura de Maceió
www.maceio.al.gov.br

· Portal Cultural de Alagoas
www.cultura.al.gov.br
TELEFONES ÚTEIS
Aeroporto: 3322-1300
Algás: 0800 284 9220
Alô Cidadão: 0800-284-2122
Bombeiros: 193
Call Center Sefaz: 0800 284 1060
Capitania dos Portos: 3221-9400
Casal: 0800 82 0195
CBTU: 3221 1839
Ceal: 0800 82 0196
Conselho Tutelar: 3231- 0088
Copom: 190
Delegacia Turista: 3338-3507
Deplan: 147
DER: 0800 284 5434
Detran: 194
Disque-Denúncia: 3201-2000
Disque-Racismo: 3235-2001
Estação Ferroviária: 3221-4615
Hemoal: 3221-2366
Hospital Doenças Tropicais: 3221-3100
IBAMA: 3241-7711
IMA: 0800 82 1523
Polícia Federal: 3326-6767
Polícia Militar: 3200-2000
Polícia Rodoviária Estadual: 3326-6025
Polícia Rodoviária Federal: 1527
Procomum: 3326-2654
Procon: 1512 - 3315-1792 - 3315-1998
Rodoviária: 3221-4615
Samu: 192
Secretaria de Turismo: 3315-1600
SOS Criança: 1407
SOS Mulher: 3200-2002
SOS Natureza: 33241-7711
Tele-Preço: 0800 284 9555
Trabalho Infantil: 3315-2881 - 3315-284
Violência c/Mulher: 3221-0676
Violência c/ crianças: 3321-4119
 
MACEIÓ | ALAGOAS
PRAIAS
 
Mergulhando nas àguas esverdeadas de Maceió
Que tal ir à praias de areias brancas com águas tão verdes que chegam a doer os olhos e ainda ser recebido por um alagoano simpático e hospitaleiro que nos enche de mordomias como frutas da terra, água de coco, peixes fritos, caldinhos, tapiocas e batidas de frutas tropicais (algumas frutas até que nunca ouvimos falar)? Em Maceió, todo o dia pode ser assim.
Maceió parece que recebeu uma atenção especial da natureza: sol quase todos os dias, praias de todos os tipos e frutas tropicais incrivelmente coloridas que se misturam com os não menos coloridos peixes, caranguejos, siris e lagostas. Toda a orla, é enfeitada por coqueirais que contrastam com o azul-esverdeado transparente do mar. Quando chegamos, realmente nos sentimos como se estivéssemos sempre sendo homenageados pela natureza.

As praias são as maiores atrações
As praias centrais tem um ponto em comum: os calçadões. Lá podemos passear a qualquer hora do dia ou da noite nos sentindo totalmente seguros. Os calçadões ficam sempre floridos de gente alegre e dourada com muitos bares e quiosques, refinados ou nem tanto, que nos divertem e repõem as energias. Para matar a sede, nada melhor do que uma água de coco bem gelada.
ARTESANATO
 
O artesanato de Maceió: o que trazer e onde encontrar
Madeira - esculturas perfeitas e de uma beleza especial. Réplicas de bichos de fauna e de santos quase atingem a perfeição.
Palha - trançados, chapéus, sacolas, bolsas, é de impressionar, a arte e a beleza dessas peças.

A renda FILÊ e a LABIRINTO são belíssimas e muito delicadas. verdadeiras obras de arte. Compre várias para colocar em seus lençóis, toalhas, blusas e dar aquele ar romântico de antigamente. Não esqueça das rendas de Birlo e os bordados. E que tal um vestido de noite todo de renda feita à mão? Você vai encontrar alguns dignos de verdadeiras princesas.

Onde encontrar:
Mercado do Artesanato, Feirinha de Artesanato de Pajuçara e em Pontal da Barra, bairro bucólico onde os produtos artesanais são expostos em frente às casas. É uma grande exposição ao ar livre!
- Pontal da Barra
- Feirinha da Pajuçara | Tel: (82) 3357-5129
- Mercado do Artesanato | Tel: (82) 3337-0065
- Oficina do Artesão
- Cheiro da Terra
| Tel: (82) 3325-5931
- Pavilhão do Artesanato | Tel: (82) 3231-3901
- Armazém Sebrae | Tel: (82) 323-8200
Fonte:
www.brasilviagem.com
---
O povoado que deu origem a Maceió surgiu em um engenho de cana de açúcar, por volta de 1.609 - data de sua fundação. Maceió vem da língua tupi, das denominações " MAÇAYÓ " ou " MAÇAIO-K " e quer dizer "aquele que tapa o alagadiço", talvez pela abundância de águas por todos os lados e a constante subida e descida das marés.

Diz a história que o povoado de Maceió tinha uma capelinha em homenagem à Nossa Senhora dos Prazeres, bem onde hoje está a Igreja Matriz, na Praça Dom Pedro II. A emancipação política de Maceió aconteceu no ano de 1817.

Foram os índios que assistiram a esse espetáculo da natureza. Passaram a chamar o local de Macaio-ok, que significa "O que tapa o alagadiço". Mais tarde os portugueses modificaram o nome indígena, e assim surgiu o atual nome da cidade: Maceió.

Do alagadiço de ontem à cidade de hoje muitas águas rolaram. O povoamento europeu da região data do século XVII, quando os navios chegaram pela enseada de Jaraguá, ancoradouro natural onde eram levados os carregamentos de madeira das florestas litorâneas. Depois, escoou por Jaraguá a produção de açúcar.

Nesta época o açúcar era fabricado em engenhos próximos, como o localizado em Garça Torta, do qual não existem mais vestígios. Maceió ainda guarda muito da Vila do século passado: casarões antigos, ruas estreitas e tortuosas, o convívio amistoso de seus moradores que, em alguns bairros, ainda põem as cadeiras nas calçadas para um bate-papo à noite.

   
© CopyRight - www.guiasurbanos.com.br | Todos os direitos deste site estão reservados.